Corra! (2017)

Corra! (2017)

Nesse episódio falamos sobre o thriller de terror “Corra!”, o melhor filme do gênero em 2017 até o momento.

O “Pós-Créditos” é um programa que traz pequenas análises de filmes logo após terem sido assistidos por um dos nossos Saladeiros. Lembrando que você pode ouvir tranquilamente, pois essa atração é completamente SEM SPOILERS.

Clique aqui e escute os outros PÓS-CRÉDITOS.

Trailer:

Aclamado pela crítica especializada, o filme é um suspense envolvente e provocativo produzido pela Blumhouse, responsável por sucessos como “Fragmentado”, “A Visita” e a série “Atividade Paranormal”, e Sean McKittrick, de “Donnie Darko”.

A história acompanha um final de semana na vida de Chris (Daniel Kaluuya), um jovem afro-americano que visita a propriedade da familia de sua namorada. A princípio, Chris vê o comportamento exageradamente hospitaleiro da família como uma tentativa desajeitada de lidar com a relação interracial da filha. No entanto, no decorrer do final de semana, uma série de descobertas perturbadoras o levam a uma verdade que ele nunca poderia imaginar.

“Corra!” é estrelado por Caleb Landry Jones (X-Men), Stephen Root (Onde os Fracos Não Têm Vez), Milton “Lil Rel” Howery, Betty Gabriel, Marcus Henderson e Lakeith Stanfield (Straight Outta Compton – A História do N.W.A).

Use os botões acima para ouvir e baixar. Caso tenha optado por baixar, clique com o botão DIREITO do mouse, e escolha a opçãosalvar destino como” ou dependendo do seu navegador, “Salvar link como”

  E-mail   Assine nosso feed  Curta-nos   Siga-nos

Compartilhe:

Autor

Bruno Guedão

Bruno Guedão

<p>é apaixonado pela realização de qualquer projeto relacionado com criação e arte!</p>

  • Bruno Gomes Guimarães

    Como eu estava em cima da hora eu, literalmente, corri pra ver “Corra!”. E não me arrependi! Um terror mais puxado mais pro lado do suspense que é bem curto e dinâmico, além de ter alguma doses de humor, tudo bem equilibrado na minha opinião. Achei um tanto parecido com “A Cura”. Valeu o ingresso!

    • Bruno Guedão

      Sim Bruno. Foi uma grata surpresa esse filme. Não assisti “A Cura”. É bom?