SPS 036 – Impedimento, Mulherzinha & Papo de Fêmea

SPS 036 – Impedimento, Mulherzinha & Papo de Fêmea

Saudações joviais, ouvintes!! Está no ar o trigésimo sexto Super Pocket Shooow!! Neste episódio a mulherada toma conta do estúdio do Super Pocket e o programa é hosteado pela primeira dama do Salada Cult, Rebeca Guedes, que bate um papo de fêmea com Rose Costa e Débora de Meneses de Souza 😀

Use os botões acima para ouvir e baixar. Caso tenha optado por baixar, clique com o botão DIREITO do mouse, e escolha a opção “salvar destino como” ou dependendo do seu navegador, “Salvar link como”

Hashtag deste episódio

#NaoSejaFresca

  E-mail   Assine nosso feed  Curta-nos   Siga-nos

Compartilhe:

Autor

Super Pocket Show

Super Pocket Show

<p>é um podcast maroto que procura abordar temas do cotidiano, nerdices e fé de forma divertida e saudável. É diversão que cabe no bolso.</p>

  • Luã Brum Netto

    Muito bom o pod! hahaha Parabéns, Debora!

    O impedimento é dificil até para alguns homens..relaxem!

    • Débora de Meneses Souza

      Uhuuuuuuul! Novo ouvinte na área! 😉

      Que bom que curtiu, Luã! Depois deste comentário, estou aliviada, hahaha

      Volte mais vezes aqui e curta as outras atrações do Salada!rs
      Abraço!

    • Valeu pelo comentário, Luã. Volte sempre e faça um podcaster contente.

  • Muito legal o episódio. Dinâmico, divertido na medida certa, estilo bate papo entre amigos. Gostei.
    Minha única ressalva fica por conta de alguns posicionamentos quando o assunto feminismo foi abordado (vocês sabiam que daria treta, né? kk). Eu entendo que as mulheres devam ter direitos iguais a qualquer homem, no entanto acho um exagero criticar um homem que oferece ajuda a uma mulher que carrega suas bolsas de compras, como foi citado no episódio. Disseram que isso é “histórico” e etc, mas é fato que a mulher é biologicamente mais frágil que o homem! Eu sou policial e as vezes trabalho com policiais do sexo feminino, e fica claro pra mim que, embora sejam boas profissionais, não tem a força que é necessária na execução de determinadas missões. E isso não é diminui-las, mas aceitar sua condição física natural. Sou a favor de que as mulheres ocupem os mesmos cargos que os homens, mas não dá pra fingir que ambos são equiparados (para bem e para mal, de ambos) simplesmente porque um movimento quer que assim seja.
    No mais, curti muito e me diverti.
    Abração e sucesso pra vocês!

    Rodrigo Oliveira – Resistência Podcast

    • Débora de Meneses Souza

      Eeeeeeeee, feliz pelo teu primeiro comentário aqui, Rodrigo!rs

      Acho que ficou claro minha posição quanto ao feminismo, né? haha… Não tinha como fugir desta treta, haha

      Volte mais vezes e curta as outras atrações do Salada Cult!rs

      Abraço!

      • Claro que ficou claro… kk
        Abração e sucesso com o podcast!

    • Valeu pelo feedback, @disqus_Lz3DVeWdta:disqus Feminismo é assunto que divide opiniões mesmo. Deveria entrar na lista de coisas que não se discutem, tipo política, religião e futebol heheh Brincadeiras a parte, também acho um exagero e, além disso, uma tremenda bobagem se apegar a essas discussões bobas do tipo se homem pode ou não fazer uma gentileza pra uma mulher. Chega a ser infantil. Essa discussão da força física também é algo tão inútil. Isso empobrece demais o debate sobre o assunto e acaba transformando o movimento numa grande piada. E tem outro porém. Como a @dborademenesessouza:disqus disse, são tantas as vertentes do feminismo que se a pessoa se declara feminista hoje em dia é difícil dizer o que ela defende. E como em todo grupo sempre há os radicais, no feminismo não é diferente. Há casos que beiram à misandria. Esse tipo de comportamento radical a gente identifica em diversos grupos sociais, inclusive (e infelizmente) no meio cristão. É natural que o feminismo não seja homogêneo, mas creio não ser esse o seu problema. Por mais heterogêneo que um grupo seja, sempre há os moderados, sensatos e coerentes. Porém, isso é uma coisa difícil de identificar nas feministas. Mas apesar disso acho que podemos olhar para suas reivindicações e dali extrair algo que, de fato, dê mais dignidade à mulher.
      Não me considero feministO (rsrs), mas concordo com o que a Rebeca disse: que o movimento tem a sua importância histórica. É muito louco pensar, por exemplo, que até algumas décadas atrás, aqui no Brasil, as mulheres não podiam votar. Enfim… a discussão vai longe e, apesar dos exageros por parte de algumas, creio que o tema sempre merece ser abordado. No fim eu fico é com o exemplo de Jesus. Eu estava meditando esses dias em como Jesus impactou a sociedade do seu tempo, em todos os sentidos. Se formos pensar na questão da dignidade da mulher, podemos pegar o exemplo da mulher com hemorragia que foi curada por Ele. A mulher naquela época e naquela cultura tinha um valor social bem inferior, ainda mais com o problema de saúde que ela tinha, considerada impura. O fato de ela ser uma mulher, estar naquela condição e ter tocado em Jesus, era um ato considerado bastante ofensivo para um judeu. Imagine o significado disso na época. Tem também o caso da mulher samarita. Além de ser mulher era samaritana, e como sabemos os samaritanos eram detestados pelos judeus. Calcule só o significado de Jesus, um judeu, mestre, dando trela para uma mulher, samaritana ainda por cima rsrs. O fato de Jesus ter mulheres em seu ministério era algo bastante controverso para a cultura da época também. Tirando as diferenças culturais e contextos históricos, acho que tanto homens quanto mulheres tem muito a aprender com Jesus.

      Obrigado mais uma vez pelo comentário, mano! Abração 😉

      • Valeu, mano. Obrigado pelo teu feedback ao meu feedback rs
        Abração.

    • Débora de Meneses Souza

      Kkkkkkkkkkkkkkk

      Super útil, não sabia que era necessário até cálculo de partículas atômicas para entender impedimento, haha. Obrigada!

      • É tudo sobre física, nobre estag! Futebol é esporte, e esporte se aprende na aula de quê? De Educação Física, oras!

    • Pra que lado fica o gol?!?

  • Cássia Santos

    Como o nome já diz, foi Shooow! Super divertido e aprendi o que é impedimento.. kkkkk
    (Débora, muito obrigada pela dedicatória. Você fez uma ouvinte muito feliz.. Haha)
    Parabéns e muito sucesso pra vocês!

    • Débora de Meneses Souza

      Uhuuuuuuul! Mais uma nova comentarista!

      Foi de coração, maninha! hahaha

      Muito obrigada pelo comentário, realmente, o SPS é cultura!rs
      Comente mais vezes!

      Bjo, mana!

    • Olha aí! Cada episódio uma pessoa nova comentando =D Vejo que a nossa estag Débora anda semeando a boa palavra do Super Pocket Show por aí. Obrigadão pelo comentário, @disqus_iwzCCYBSFZ:disqus E como eu sempre digo: volte sempre e faça um podcaster contente.

  • Cadê o Burita e o Guedão pra explicar o impedimento? hahaha

    Curti bastante o papo das mulheres, falando sobre mulheres hehehe

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

    • Débora de Meneses Souza

      Que bom que curtiu, Eddie!
      Abraço!