Guerra Mundial Z (2013)

Guerra Mundial Z (2013)

Quando surgiram as primeiras imagens e trailers desse filme na Internet, a repercussão foi excelente. Zumbis frenéticos, cenas grandiosas e o ator Brad Pitt eram os grandes atrativos para assistir a obra dirigida por Marc Forster. O tempo se passou, boatos de problemas de produção vazaram, refilmagens de algumas cenas foram feitas e a expectativa acabou baixando. Não é que isso acabou sendo bom?

O filme mostra a trajetória de Gerry Lane (Brad Pitt), um representante da ONU que atravessa o mundo em uma corrida contra o tempo para deter uma epidemia zumbi. A história é bem simples mesmo e o filme se foca na ação e principalmente no clima de tensão para prender o espectador na cadeira, e isso ele consegue com êxito. O grande mérito da obra é não querer se levar a sério demais, mas ao mesmo tempo não ser uma galhofa. Ao estabelecer isso de forma eficaz, o desenrolar da história funciona bem. Mesmo que seja difícil se comover com o personagem interpretado por Pitt, que tem que abandonar sua família para tentar resolver a situação. Na verdade, Gerry funciona apenas como um “avatar” para que o espectador viva aquela experiência assustadora.

As cenas de ação são muito bem filmadas e o ritmo do filme é excelente. Não é uma obra brilhante e é perceptível, principalmente na segunda metade,  que ocorreram problemas de produção. Algumas pontas ficam mal amarradas e as resoluções são muito rápidas. No entanto, isso não tira o mérito do filme que é divertir e deixar o espectador tenso.

Compartilhe:

Autor

Bruno Guedão

Bruno Guedão

é fã do Brad Pitt.