P.O.D. – The Awakening (2015)

P.O.D. – The Awakening (2015)

Formada em San Diego, Califórnia em 1992, eles fazem uma combinação de rock alternativo, reggae, hip hop, punk rock metal e claro letras relevantes, motivacionais e cheias de experiências de vida, passando também pela fé cristã. Nos primeiros álbuns eles já começaram quebrando tudo e falando de assuntos pesados, mostrando o que vieram fazer. A partir daí começaram a fazer mais sucesso no mainstream, onde mostraram uma evolução em suas músicas. Experimentaram bastante e mostraram um som mais maduro e criativo.

Com um pouco mais de 20 anos, lançaram 8 álbuns de inéditas com vários sucessos nas rádios, turnês por todo o mundo, receberam alguns prêmios e contribuíram para algumas trilhas sonoras. Os membros são Sonny Sandoval (voz), Marcos Curiel (guitarra), Traa Daniels (baixo) e Wuv Bernardo (bateria).

E agora, no último dia 26 de Agosto eles lançaram o nono álbum de inéditas “The Awakening“, esse é um projeto que para muitos fãs gerou surpresa, pois se trata de um álbum conceitual. Nesse ponto da carreira fazer um álbum conceitual pode parecer curioso e estranho, mas com certeza com toda a bagagem que eles têm é muito interessante esse novo passo que estão dando. A banda colocou todo amor e alma nesse álbum, e o resultado acaba motivando muito a banda a continuar fazendo música. Mais uma vez o produtor Howard Benson volta a trabalhar com o grupo, que já os produziu várias vezes e sabe muito bem como aproveitar ao máximo cada um, permitindo que  P.O.D. seja  P.O.D. em todo o processo de criação.

Seguindo um dia na vida de um personagem, tendo que lidar com escolhas, dúvidas, perturbações e sua fé em situações caóticas, as faixas são conectadas uma a uma com pequenas narrativas em forma de introduções e conclusões, tornando o álbum mais profundo, honesto, real, poético, artístico, poderoso e cinemático. Levando o personagem a encontrar esperança, perdão e redenção no fim da história.

O álbum é cru e pesado, mas ao mesmo tempo melódico. Ele tem todos os diferentes aspectos da banda. Marcos com um dos melhores riffs de guitarra, baladas, punk rock, e uma faixa que causou uma surpresa interessante por misturar um belo vocal com uma ambientação de jazz, pois eles nunca tinham feito isso antes. Assim como a maioria dos outros álbuns da banda, esse também tem participações especiais em duas faixas.

Definitivamente esse é um álbum para novos ouvintes, e muito mais um belo presente para os fãs que acompanham a banda há um tempo. “The Awakening” está cheio de referências e surpresas, é uma obra que você tem que terminar capítulo por capítulo para fazer sentido e terminar toda a história. Segundo o vocalista e compositor Sonny, eles têm planos para fazer um filme baseado nesse álbum. Não sei se pode acontecer em breve, pois eles estão bem ocupados excursionando e divulgando o novo álbum. Ouça e aprecie com muita atenção e aproveite ao máximo essa obra de arte.

Faixas:

  1. Am I Awake
  2. This Goes Out to You
  3. Rise of NWO
  4. Criminal Conversations”(featuring Maria Brink of In This Moment)
  5. Somebody’s Trying to Kill Me
  6. Get Down
  7. Speed Demon
  8. Want It All
  9. Revolución”(featuring Lou Koller of Sick of it All)
  10. The Awakening

Selo: Universal, T-Boy

Confira minha música favorita no vídeo abaixo.

 

Compartilhe:

Autor

Thiago Messias

Thiago Messias

sempre escutando e transmitindo paz e amor @thiago_messiah